sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

SSP e Prefeitura de SP se unem no combate a ataques a ônibus

SSP e Prefeitura de SP se unem no combate a ataques a ônibus

Da Redação
00021265
Alexandre de Moraes e Roberto Porto se reuniram na tarde de hoje (8) Foto:Rafael Iglesias
O secretário estadual da Segurança Pública, Alexandre de Moraes, e o secretário municipal da Segurança Urbana de São Paulo, Roberto Porto, anunciaram uma parceria entre as Polícias Civil e Militar com a Guarda Civil Metropolitana (GCM) para combater conjuntamente os ataques a ônibus ocorridos na Capital, após reunião nesta quinta-feira (8).
“A partir da semana que vem, vamos instalar uma base da Guarda Civil Metropolitana dentro do Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), para integrar os trabalhos e otimizar o combate dos crimes”, afirmou Moraes.
Desde o ano passado, as polícias prenderam 60 responsáveis por depredações e incêndios a veículos do transporte coletivo da capital. A medida foi anunciada pelos secretários, após reunião na sede da Secretaria da Segurança Pública (SSP), no centro de São Paulo.
“O padrão [de atuação dos criminosos] demonstra que há a formação de uma quadrilha que tem o objetivo de queimar ou destruir ônibus desde 2013”, destacou Alexandre de Moraes, que determinou prioridade e rapidez na investigação desses casos.
Os trabalhos serão focados em áreas com maior incidência de crimes, nas diversas regiões de São Paulo, segundo o secretário Roberto Porto. Do total de casos, 90% se concentram em quatro regiões da Capital.
“O Centro de Operações tem estrutura para funcionar como um lugar integrado que proporcione uma ação rápida e uma troca de informações mais eficaz”, disse o comandante-geral da PM, coronel Ricardo Gambaroni.

Com informações da Secretaria da Segurança Pública do Estado de SP
FONTE SP NOTICIAS.

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

PROJETO DE MORADIA PARA GUARDAS MUNICIPAIS

A Abraguardas, pensando nos GCMs da Grande São Paulo, firmou parceria com a Wolf Martins buscando atender os anseios desta tão digna categoria.

O empreendimento, localizado na cidade de Mairiporão, se faz acessível a todos os GCMs e possui algumas vantagens, dentre elas aprovação do financiamento sem consulta SPC/Serasa e a ausência da necessidade de comprovação de renda, por se tratar de Sociedade em Conta de Participação (SCP).

Importante se faz frisar que o empreendimento está disponível somente para os operadores de segurança, Policiais Militares e Guardas Municipais.

GCMs da Região Metropolitana de São Paulo, se a sua necessidade é de moradia entre em contato e verifique as condições para aquisição de seu imóvel. Caso não seja associado e desperte o interesse no empreendimento, no ato da aceitação preencha a proposta de filiação à Abraguardas, pois a nossa entidade depende de você para poder, cada vez mais, buscar alternativas e projetos que favoreçam nossa categoria.


(Perfil meramente ilustrativo, elaborado por perspectiva do local)


Guarda Civil agora pode aplicar multas de trânsito em São Paulo

Os 1.597 agentes fizeram curso da CET e obtiveram aprovação especializada
Da Agência Record
Guarda Civil Metropolitana estão autorizados a multar os motoristasAndré Lessa / 21.08.2009 / Estadão Conteúdo
A partir desta terça-feira (6), 1.597 profissionais da GCM (Guarda Civil Metropolitana de São Paulo) estão autorizados por lei a multar os motoristas exercendo a função de agentes de trânsito. Os guardas foram aprovados em um curso realizado pela CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) para desempenhar as funções de tal cargo. A portaria autorizando o ato foi publicada hoje, no Diário Oficial do Município de São Paulo.

PORTARIA N.º 004 /2015 - DSV.GAB. DE 05 DE JANEIRO DE 2015

O diretor do  DSV (Departamento de Operação do Sistema Viário), órgão integrante do Sistema Nacional de Trânsito, nos termos do artigo 7°, inciso III, da Leia n.º 9.503, de 23 de setembro de 1997, que institui o Código de Trânsito Brasileiro e do Decreto Municipal n.º 37.293, de 27 de janeiro de 1998, que estabelece a competência do DSV na área de circunscrição do município, usando de suas atribuições legais, e considerando o disposto nos artigos 280 e 269 do CTB (Código de Trânsito Brasileiro), que dispõem sobre a autuação de infração de trânsito e adoção de medidas administrativas por agente de autoridade de trânsito, que poderá ser servidor civil ou policial militar.

Em dois parágrafos, conclui a portaria. O primeiro credencia 1.597 guardas civis metropolitanos da CGM constantes da relação anexa para exercer a função de agentes da autoridade de trânsito do município, fiscalizando os veículos que transitam nas vias da capital, autuando-os e adotando as medidas administrativas cabíveis em caso de infração ao Código de Trânsito Brasileiro. O outro complementa que a portaria entra em vigor na data de publicação, ou seja, dia 6 de janeiro de 2015.

domingo, 21 de dezembro de 2014

Recesso da Abraguardas.

A Abraguardas não irá atender dos dias 22 de dezembro à 5 de janeiro, somente expediente interno.

O atendimento do  Departamento Jurídico se dará somente apos o dia 18 de Janeiro quando do termino do recesso do Judiciário.

Desejamos a Todos Feliz Natal, e um Prospero Ano novo e que em 2015 consigamos nossos objetivos.

Obrigado a Todos.

Diretoria.