segunda-feira, 19 de abril de 2010

GCM DE SÃO PAULO: REUNIÃO DE VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL

100_6850[1] Foto: Associação de Inspetores das Guardas Municipais

Em 16/04/2010, às 09h30min, na sede da P.M.S.P, edifício Matarazzo, houve a reunião de entidades com o Secretario Edson Ortega, com a finalidade de ser apresentado os projetos de valorização para a Guarda Civil Metropolitana para o ano de 2010.

Estiveram presentes os representantes das seguintes entidades:

SINDGUARDAS – CD Augusto, CD Venerando e GCM Fernando

ABRAGUARDAS – CD Faria e CD Gonçalves

APGM – GCM Evaristo

SIGMESP – CD Matos e Inspetor Aldo

ASSOCIAÇÃO DE INSPETORES DAS GUARDAS MUNICIPAIS – Inspetor Bazzana

Representado a GCM estavam presentes:

Comandante Malta

Subcomandante Marino

Assuntos discutidos:

Na reunião foi informado as ações da secretaria que visam valorizar a categoria, não havendo, até o momento, nenhuma ação pronta que, de imediato, venha a repor qualquer tipo de perda ou vise ganhos através de gratificação.

Foi informado que na segunda-feira, 19/04/2010, haverá uma reunião com os secretários, tendo como objetivo acertar os detalhes do envio dos projetos para aprovação do prefeito e posterior votação na câmara.

Foi dito pelo secretário que não há como informar uma data precisa para envio dos projetos, porém foi informado que existe esta prioridade, na secretaria, de promover a valorização de nossos operadores.

Propostas de Valorização:

Gratificação de desempenho:

Gratificação anual, podendo ser paga em duas parcelas, tendo o valor máximo de R$2.000,00 no ano.

Gratificação de motorista:

Valor pago aos motoristas da GCM, não sendo informado valor ou  percentual.

Gratificação de exercício em unidades de difícil provimento

Valor a ser pagos aos GCM que exercem suas atividades em unidades que possuem dificuldades em fixar o operador devido às peculiaridades de suas atividades. Não foi informado valor ou percentual.

Aposentadoria especial:

Aposentadoria a ser concedida aos profissionais da GCM, tendo como característica a diminuição do tempo de serviço e idade do servidor, considerando os riscos da carreira.

Nível médio:

Equiparação das tabelas de vencimentos da GCM com o nível médio da prefeitura.

Aumento do RETP:

Aumento do RETP em percentual não definido

Gratificação operacional;

Estudo para a criação de gratificação que vise valorizar os operadores empregados na atividade fim da GCM. Percentual não definido.

Gratificação para exercício de atividade diferenciada:

Promessa do prefeito, visa a criação de gratificação com os mesmos moldes da aprovada para a Polícia Militar, no que se refere a atividade delegada. Não houve informação sobre este projeto, não constanto na lista de valorização.

Gratificação de chefia:

Valor a ser pagos aos que exercem cargos de comando na GCM: IR, IA e IS.

Posicionamento das entidades:

Houve unanimidade da urgência de correção da tabela de vencimentos, proporcionando uma recuperação imediata dos valores recebidos pelos GCMS.

A proposta de recuperação, mais viável, apontada por todos, foi o aumento do RETP, o qual depende, única e exclusivamente, de vontade política.

As gratificações causam certa disparidade na categoria, o que não é possível avaliar se o resultado final será conforme o pretendido.

Há necessidade de reposição de perdas, tendo, estas, prioridade sobre a criação de gratificações, não desprezando a importância e necessidade de se estabelecer gratificações.

As propostas foram feitas sem a participação das entidades, estão prontas e não cabe discussão.

As propostas apresentadas não são diferentes das apresentadas no ano de 2009.

Não havia previsão de elaboração de cursos para que os GCMs pudessem concorrer na promoção por merecimento.

Foi discutido que valorização implica na manutenção da imagem da GCM, a qual é apresentada, de forma deturpada, como um aparelho de repressão da administração pública municipal, sendo referenciada a ação contra as pessoas que se encontram em situação de risco, especificamente os moradores de rua. 

Considerações:

Todas as propostas, imediatas, de valorização estão relacionadas ao pagamento de gratificações, as quais não recuperam o salário da GCM.

Os projetos que visam a recuperação do padrão não estão listados como prioritário, mesmo sendo dito o contrário, pois dependem de estudos de impactos e, com certeza, causará um desconforto em outras categorias, assim, entendemos que não teremos, tão rápido, a recomposição do padrão de vencimentos.

A aposentadoria especial segue nas análises, porém, de forma diferenciada, há possibilidades, através de pareceres favoráveis, de sua aprovação, porém não vislumbramos nada de imediato.

Foi dito pelo secretário que não há intenção em acabar com o RETP, porém cogitou a intenção  de se criar uma gratificação que diferencie o operacional dos demais operadores. Desta forma ocorre a valorização dos operadores empregados na atividade fim, a qual não é mais importante que a atividade meio, pois as atividades internas têm por finalidade fornecer suporte a atividade operacional. Entendemos que existe uma tendência a discriminar aquele que executa atividades internas, sendo que, ao invés de promover a valorização, acaba ocorrendo a desvalorização de parte dos profissionais da GCM, os quais são de igual importância.

O secretário diz compreender a importância de se discutir a equiparação da tabela de vencimentos com a do nível médio da prefeitura, porém foi dito que o GCM não recebe menos, ao contrário, recebe bem mais que os servidores da prefeitura no nível médio, sendo incisivo ao afirmar que, equiparando o padrão, poderão ocorrer disparidades na careira da GCM. O que nos causa certa perplexidade, pois foi dito que há esta confirmação em processos que correm na justiça. Não é possível comparar vencimentos incluindo vantagens advindas da carreira, pois somar o padrão com o RETP é, no mínimo, uma ofensa a todos os integrantes da carreira de GCM. Não há como comparar vantagens que compõem os vencimentos de determinadas carreiras, pois existem diferenças que são compensadas por gratificação, devido às especificidades e riscos. A solução é corrigir a tabela da GCM, aplicando um percentual de reajuste em torno de 18%, o qual corrigiria a imposição de 2004, quando houve a reestruturação de nossa carreira.

A gratificação é importante, pois nossa situação é calamitosa, não havendo objeção à sua implantação. Não somos contrários, mas defendemos, juntos com as demais entidades que ali estavam presentes, a urgência em se adotar medidas para conter a evasão e o absenteísmo, os quais são frutos do recebimento de baixos salários.

Elaborado por: Marcos Luiz Gonçalves – Diretor ABRAGUARDAS

18 comentários:

  1. O mais interessante é que as Reuniões da GCM,(todas de forma geral)se discute,planeja quando planeja e nos finalmente fica sem resposta.O necessário é que haja resposta decisiva e imediata para nós,a embromação ja deu,estamos em período eletivo e os senhores irão querer voto,não? Pois valorizem à classe e ela sabera corresponder....

    ResponderExcluir
  2. REUNIÃO COM SECRETÁRIO DE GESTÃO
    Publicado terça-feira, 11 de maio de 2010

    A direção do Sindguardas-sp se reuniu nesta segunda feira (10/05) com o secretário de gestão. Embora ainda não esteja formalizada nenhuma proposta, o que podemos adiantar é que a reunião apresentou avanços em relação às nossas reivindicações. Possivelmente até o final do mês será apresentada de maneira formal.
    SOLICITO MAIORES INFORMAÇÕES.OBRIGADO

    ResponderExcluir
  3. Meu! É dia tal, falaram tal coisa, foi uma reunião tal....e o GCM a cada dia a cada mês se afunda em dívidas com bancos ou agiotas, passa nescessidades, não consegue viver dignamente e já se passaram quase um ano da greve e nada só embromação, bizú furado, cara viajando na india, outro na casa do c....e nós afundando e o PMs ganhando 1.500,00 num bico molinho de 8 horinhas paga pela Prefeitura de São Paulo, e ficam nos embromando...enquanto os PMs ganharam de fevereiro pra cá 6.000,00 só de bico, quanto ganhamos??? a GCM acabou, tá sem salário, sem moral, e sem representantes....

    ResponderExcluir
  4. Hoje é dia o8/06/2010, já vai fazer um ano de greve e ganhamos o que? Não dá mais pra esperar tá muito dificil...enquanto isso ficam os PMs ganhando 1.500,00 por 8 horinhas....e nós nos afundando em dívidas de emprestimos passando nessecidades...devendo a Deus e o mundo...não dá mais...

    ResponderExcluir
  5. E JÁ ESTOU FICANDO DESESPERADA COM ESTÁ EMBROMAÇÃO, ACHO QUE ESTAMOS ESPERANDO DEMAIS!
    ATÉ AGORA NÃO TEMOS NADA APRESENTADO E NADA POSITIVO PARA NÓS, É LAMENTÁVEL

    ResponderExcluir
  6. Infelizmente, o que vemos é o fruto de tantos anos sendo comandados por pessoas que não tem o mínimo compromissso com a categoria e se quer a capacidade de ocuparem os cargos que ocupam, pois são pessoas que não sabem se quer expressar, não conhecem as leis e tão pouco procuram conhece-las. Infelizmente a GCM de São Paulo é o espelho daqueles que estão no topo, só pensão no seu bolso e esquecem dos GCM's, esses sim trabalham, vestem a farda e dão a face pra bater, os demais ficam enclausurados em suas redomas de vidro e não sabem se quer trabalhar nas ruas e atender os munícipes, vergonhoso....
    Procurem os senhores conhecer as GM's dos demais municípios e verão que o problema não é a Gestão desse ou daquele Prefeito e sim a forma de encarar o trabalho e fazer frente a esse ou aquele que tente disvirtuar os trabalhos da GM's, vejam os trabalhos realizados pelas GM's de Cotia, Santana de Parnaiba e por aí a fora não precisa ir muito longe não.

    ResponderExcluir
  7. GOSTARIA SABER O ANDAMENTO DO MANDATO DE SEGURANÇA E LIMENAR DOS 2 CLASSE PARA CONCORRER AS VAGAS DE CD

    ResponderExcluir
  8. sandro rogério de carvalho25 de janeiro de 2011 22:14

    Nós 2 classe estamos chateados com a negativa, do mandato de segurança e da liminar, porque estamos vendo companheiros ganhando na justiça duas evoluçôes, enquanto nos é negada o direito de concorrer a primeira evoluçâo, já que 1 classe nâo é graduaçâo.Esperamos que lutem por nós para irmos a 1 classe sem concurso.Desde já agradeço.

    ResponderExcluir
  9. poia é sandro eles não vão te responder,sabe porque , porque não convém, lamentavel

    ResponderExcluir
  10. Caros amigos,

    As ações objetivam a correção das perdas advindas de planos de carreira mal estruturados que trazem mais prejuízos que benefícios.
    Os 20 integrantes da GCM que conseguiram o posicionamento favorável da justiça e garantiram o enquadramento em cargos superiores aos atuais, inciaram o processo em 2004, quando houve a implantação do plano de carreira regulamentado pela Lei Municipal n° 13.768, porém, dos vários grupos que revindicavam a mesma causa, somente um grupo conseguiu um acórdão favorável.
    Queremos dizer que as ações sofrem influências políticas e as decisões são, quase sempre, pró administração pública.
    As ações que pleiteavam a participação do 2ª classe no concurso de Classe Distinta, quase a totalidade foi julgada improcedente.
    Os interessados devem entrar em contato com nossa entidade para saber os resultados obtidos nas ações em que figuram.
    Que fique claro nosso posicionamento pró 2ª classe, mas não detemos o poder de mudar o pensamentos daqueles que admnistram a instituição, questionamos judicialmente a não abertura de concurso para o 2ªclasse e solicitamos a possibilidade de sua participação no concurso de CD, porém poucos obtiveram êxito em seu pleito.
    A ABRAGUARDAS se coloca a disposição para sanar qualquer tipo de dúvida referente à nossa categoria.

    Saudações,

    Marcos Luiz Gonçalves
    Diretor ABRAGUARDAS

    ResponderExcluir
  11. éeeeeeeeeee a esperança é a ultima que morre o que fazer se não houver esperança? só resta isto e rezar bastante

    ResponderExcluir
  12. tenho fé em Deus e nos caras que lutam por nós, ainda vamos conquistar a aposentadoria especial e outras coisas mais. Vamos vence-los pelo cansaço e pela lógica das coisas. Vocês acham que pela função que exercemos, pelo perigo qual estamos expostos, falta de assistência médica e psicológica descentee outras coisas mais, o o gcm consegue ficar muito tempo na ativa? ELES vão cair na real mais cedo ou mais tarde questão de lógica e economia publica . concordam? calma moçada a gente vai chegar lá

    ResponderExcluir
  13. Boa tarde,amigos!
    Sei que os Senhores são eficientes e muito bem informados e essa infeliz noticia já é do seu conhecimento...mais uma vez nossa querida,amada e sofrida GCM está sendo alvo de mais um individuo inescrupuloso,infame e caluniador...e mais uma vez solicito que os nossos representantes e compromissados com os interesses de defender a imagem e a honra da GCM e dos gcms,não se calem diante de mais essas ofensas e faça por meios jurídicos mais esse caluniador ser responsabilizado pelas suas palavras pejorativas e se retratar públicamente,assim como o José Luis Datena que se calou e agora só faz elogiar os trabalhos da nossa amada GCM.
    Obigado.
    GCM SOUZA.

    http://www.youtube.com/watch?v=YXHHMJML7DA&feature=player_embedded

    ResponderExcluir
  14. a GCM tá falida....Socorro Sr. Haddad, socorro Sr. roberto porto...mudem esse plano de carreira, assunção imediata dos 2 classes com mais de dez anos a 1 classes, gcms com mais de 20 anos a CD, gcms 3 classes e 2 classes com cursos superiores podem fazer concursos para inspetor ou classes distintas, mudem tudo nesse plano oxigenem a GCM com novos guardas...aumentem o salário para no mínimo 1.500 o base, ponham comandantes firmes não bonecos que não deram até hoje um porte de arma particular para os gcms, S.O.S. acordem inspetores, parem de punir e reprimir GCMs por nada...somos todos GCMs, ou nos unimos ou é melhor acabar e ir-mos para outra secretária......20 anos perdidos.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo...você está de parabéns, são as palvras mais coerentes que ouvi até hoje, sobre carreira, que representam os anseios da base.

      Grande abraço,

      Marcos Luiz Gonçalves

      Excluir
  15. Tem mais, GCMs com apenas uma punição, suspensão já estão no comportamento "Insuficiente", isso é ridiculo!!!!!Os inspetores podem de um dia para o outro tirar do GCM o direito de disputar um concurso interno após 15, 20 anos de carreria só por causa de uma punução ( Na maioria da vezes injusta). OH Presidente do sindguardas. Apareça, faça alguma coisa, o que fêz até hoje??resumindo, mísero aumento de 10% mais 10% em dois anos, mixaria para motoristas, para operacionais, queremos aumento de salário, de retp, de concursos de acesso, não adianta valorizar com maquinas e equipamentos, mas simo ser humano o GCM!!!!!

    ResponderExcluir
  16. Novo plano de carreira??? Isso seria uma vitória pra todos GCMs que foram injustiçados. Queira Deus que esses GCM(fs), que irão fazer parte desse estudo sejam suficientemente inteligentes para elaborar um plano de carreira digno, honesto, descente e saberem que a responsabilidade de dar um novo norte para toda a corporação está nas mãos de todos eles. com um plano de carrira digno, a contratação de novos GCMs(fs), a valorização, quem sabe a GCM renasça mais forte , mais pujante, mais dignamente valorizada...Há uma nova esperança para nós.! Obrigado Senhor Deus!

    ResponderExcluir